sexta-feira, 22 de julho de 2016

PROJETO SANTOS POPULARES














Nós, as gurias do Artes Das Gurias, aprendemos a arte de crochetar, na nossa infância e de lá até os dias de hoje, buscamos mossas inspirações na arte das rendeiras.

Reproduzimos no crochê os motivos das rendas, criando peças incríveis.
Na pintura, buscamos o colorido, o diferente, o contrastante.

Nossos trabalhos em tecidos também seguem este estilo que demonstra a alegria do jogo das cores e estampas.

Agora, resolvemos desenvolver o Projeto "Santos Populares".

São capelinhas, estandartes, pinturas em camisetas, panôs e toalhas, inspirados nestes Santos que são muito festejados com marchas, músicas, danças, fogueiras, fogos de artifício, arcos, balões, cidreiras, alfazema...

Desenvolveremos peças inspiradas na crença popular do nosso país, que tem uma cultura rica, e representaremos esta riqueza e diversidade, na nossa arte.


BARRA DE FLORES



Hoje trazemos esta barra de flores.

Muito fácil de fazer, como você pode comprovar vendo o gráfico.

É um trabalho delicado que pode enfeitar toalhas de banho, panos de copa, toalhas de mesa e até mesmo os lençóis ficaram muito lindos com esta barra.

O gráfico está aí, mãos á obra.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

A POMBA DA PAZ



A cultura brasileira é bastante diversificada, devido às várias influências sofridas no decorrer dos séculos.

Ela é aprendida através de um processo de transmissão dos mais velhos para os mais jovens.

A Festa do Divino Espírito Santo é o reflexo de nossa cultura, e como todas as festas populares, se caracteriza pela repercussão que têm entre o povo.

No Brasil, a festa chegou com a colonização e firmou-se a partir do século XVII.

Foi incorporada ao calendário da igreja através de Dona Isabel, esposa do rei Diniz (1279-1325), de Portugal, que mandou construir a Igreja do Espírito Santo, em Alenquer.

A festa do Divino é uma manifestação popular, onde se une a espiritualidade e o folclore.

A festa é feita com donativos e seu espírito é promover um dia de muita fartura, de abundância, quando quem nada tem recebe de graça.

A folia expressa uma era de paz, simbolizada pela pomba branca.

Dentro do nosso Projeto “Santos Populares” não poderia faltar a pomba da paz!

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

SANTOS POPULARES



Em Portugal os Santos Populares são muito festejados e as noites que antecedem o dia dos santos são celebradas com marchas, música, danças, fogueiras, fogos de artifício, arcos balões, mangericos, cidreiras, alfazema...

O Brasil é o país com a maior população que auto se denomina católica em todo planeta (IBGE 2010).

Graças ao sincretismo tão difundido no país, outras religiões e mesmo os agnósticos compartilham e absorvem crenças do catolicismo no dia a dia, em especial a devoção pelos santos.

No período do Brasil colonial, chegaram ao país os primeiros africanos de origem iorubá.
A religião dos iorubás era o candomblé, mas eles aportaram no Brasil como escravos e não podiam cultuar suas divindades livremente (a religião oficial no Brasil era o catolicismo).

Artes das Gurias, neste ano de 2016, vai desenvolver peças inspiradas nas crenças populares.

Nosso país tem uma cultura rica e sentimos a necessidade de representar esta riqueza e diversidade na nossa arte.

O orixá Iemanjá tem sua representação na santa católica, Nossa Senhora da Conceição e esta é a primeira peça que apresentamos.